Noticias

25/11/2019 10:00

Programa Mais Alfabetização realiza encontro de formação para auxiliares de sala de aula

A coordenação do Programa Mais Alfabetização (PMAlfa), em Cuiabá realizou na última quinta-feira (21), no auditório Maestro China da Secretaria Municipal de Educação, mais um encontro de formação objetivando a troca de experiência e informações sobre a nova proposta do programa para a rede pública municipal de ensino. O programa, do Governo Federal, foi criado no ano passado e se destina ao reforço do ensino de crianças dos 1º e 2º Anos do Ensino Fundamental.

O PMAlfa foi implantado em 2018 e está efetivado graças ao empenho dos professores e auxiliares, que durante o encontro relataram suas experiências em sala de aula. Os resultados relatados servirão para o aperfeiçoamento do programa na rede municipal.  

“Na rede pública municipal de Cuiabá, o programa está fortalecido e nas avaliações, interna e externa, apresentando um bom resultado”, confirmou Suely Norberto Gomes, assessora do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação. Segundo ela, a proposta tem o apoio de ações reunidas na política educacional do Município, a Escola Cuiabana.

A diretora de Ensino da Secretaria de Educação, Zileide Lucinda dos Santos explicou que esta é uma ação educacional integrada ao Programa de Alfabetização Cuiabano (ProAC), e visa o fortalecimento do processo de alfabetização no município. “Estamos trazendo os auxiliares para essa formação entendendo que eles não estão soltos no processo, mas compõe uma estrutura voltada para o fortalecimento do processo de alfabetização na rede pública municipal de Cuiabá. Queremos também fortalecer o papel desempenhado por eles,  de suporte, no processo de alfabetização”, disse Zileide Lucinda dos Santos.

O Programa Mais Alfabetização está implementado em todas as escolas da rede pública municipal de Educação. As formações com os auxiliares de salas de aula, vão continuar em encontros de cinco escolas por vez.

Programa

O Programa Mais Alfabetização foi criado pela Portaria nº 142, de 22 de fevereiro de 2018 como uma estratégia do Ministério da Educação para fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização dos estudantes regularmente matriculados no 1º ano e no 2º ano do ensino fundamental, buscando o desenvolvimento da capacidade de aprender desses alunos, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo.

Portanto, para ser considerado alfabetizado em Língua Portuguesa, o estudante deve compreender o funcionamento do sistema alfabético de escrita; construir autonomia de leitura e se apropriar de estratégias de compreensão e de produção de textos. Da mesma forma, para ser considerado alfabetizado em Matemática, o estudante deve aprender a raciocinar, representar, comunicar, argumentar, resolver matematicamente problemas em diferentes contextos, utilizando-se de conceitos, de procedimentos e de fatos.

 

Fonte:http://www.cuiaba.mt.gov.br/


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo